Sites Associados
Doe recursos para manter este site
Busca:
 

DISCURSO DE POSSE DO PRESIDENTE DONALD J. TRUMP

Chief Justice Roberts, President Carter, President Clinton, President Bush, President Obama, compatriotas Americanos, e povos de todo o mundo: Obrigado.

Nós, o cidadãos da América, nos juntamos num grande esforço nacional para reconstruir nosso país e restaurar as promessas para o nosso povo.

Juntos, determinaremos o curso da América e do mundo pelos próximos anos.

Enfrentaremos desafios. Encontraremos dificuldades. Mas faremos o nosso trabalho.

De quatro em quatro anos, nos reunimos desta escadaria para realizarmos, ordenada e pacificamente, a transferência de poder. Estamos gratos ao Presidente Obama e à Primeira Dama Michelle Obama pela cordial ajuda durante esta transição. Eles foram magníficos.

A cerimônia de Hoje, no entanto, tem um significado especial. Porque hoje não estamos simplesmente transferindo o poder de uma administração para outra, ou de um partido para o outro –estamos transferindo o poder de Washington, D.C. e dando-o de volta a vocês, o Povo Americano.

Por muito tempo, um pequeno grupo na capital de nossa nação colheu os bônus do governo enquanto ao povo sobrou pagar o custo. Washington floresceu – mas o povo não participou da riqueza. Os políticos prosperaram – mas os empregos se foram e as fábricas fecharam.

O establishment protegeu a si mesmo, mas não aos cidadãos do nosso país. Suas vitórias não foram as nossas vitórias, seus triunfos não foram nossos triunfos, e enquanto eles celebravam na nossa capital, pouco havia para celebrar pelas famílias que lutavam em nossa terra.

Que todas as mudanças – comecem aqui, e agora, porque este momento é o seu momento: ele pertence a vocês.

Pertence a todos que vieram aqui hoje e a todos que nos olham de toda a América. Este é o seu dia. Esta é a sua celebração. E este, os Estados Unidos da América, é o seu país.

O que realmente importa não é qual partido controla o governo, mas se o nosso governo é controlado pelo povo. 20 de Janeiro de 2017 será lembrado como o dia em que o povo se tornou o dono desta nação novamente. Os homens e mulheres esquecidos de nosso país jamais voltarão a ser esquecidos.

Todos ouvem vocês agora.

Vocês se tornaram as dezenas de milhões que fazem parte de um movimento histórico como o mundo nunca viu antes. No centro deste movimento está uma convicção crucial de que uma nação existe para servir a seus cidadãos.

Os Americanos querem boas escolas para seus filhos, vizinhança segura para suas famílias e bons empregos para si. Estas são demandas justas e razoáveis de um povo íntegro.

Mas, para muitos de nossos cidadãos, existe uma realidade diferente: mães e filhos encurralados na pobreza nas periferias de nossas cidades, fábricas enferrujadas espalhadas como lápides na paisagem de nossa nação, um sistema educacional  rico em dinheiro, mas que deixa nossos jovens e belos estudantes privados de conhecimento. E o crime e as gangs e as drogas que ceifaram muitas vidas e roubaram nosso país de tantos potencias não realizados.

Esta carnificina Americana acaba aqui e agora.

Somos uma nação – e suas dores são nossas dores. Seus sonhos são nossos sonhos. E seu sucesso é nosso sucesso.

Compartilhamos um coração, uma casa e um glorioso destino.

O juramento que fiz hoje é um juramento de lealdade a todos os Americanos.

Por muitas décadas enriquecemos a indústria estrangeira à custa da Americana, subsidiamos os exércitos de outros países deixando nossos militares numa triste escassez, defendemos as fronteiras de outras nações e nos recusamos a defender as nossas. Gastamos trilhões de dólares no resto do mundo enquanto a infraestrutura da América está abandonada e sem manutenção.

Enriquecemos outros países, ao mesmo tempo em que a riqueza, a força e a confiança em nosso país desapareceram do horizonte.

Uma por uma, as fábricas fecharam e deixaram nosso país, sem sequer pensar nos milhões e milhões de trabalhadores Americanos deixados para trás.

A riqueza de nossa classe media sumiu de suas casas e foi redistribuída mundo afora.

Mas isto é o passado. Agora olharemos apenas para o futuro. Estamos reunidos aqui decretando para ser ouvido em todas as cidades, em todas as capitais estrangeiras e em todos os  centros de poder: a partir de hoje, uma nova visão governará nossa terra.

De hoje em diante será América Primeiro.

Todas as decisões sobre comércio, impostos, imigração, relações exteriores levarão em conta a defesa dos trabalhadores Americanos e suas famílias. Devemos proteger nossas fronteiras da destruição por parte de outros países que fazem nossos produtos, roubam nossas empresas e destroem nossos empregos.  A proteção levará a uma maior prosperidade e força.

Eu vou lutar por vocês até o ultimo fôlego – e nunca, nunca, permitirei a sua queda

A América começará a ganhar novamente, ganhar como nunca antes.

Traremos de volta nossos empregos, traremos de volta nossas fronteiras. Traremos de volta nossa riqueza. E traremos de volta nossos sonhos.

Construiremos novas estradas e highways, pontes, aeroportos e túneis, e ferrovias para cruzar nossa maravilhosa nação.

Tiraremos nosso povo da previdência social de volta para o trabalho – reconstruindo nosso país com mãos americanas e trabalhadores Americanos

Seguiremos uma regra simples: compre produtos americanos e contrate americanos.

Procuraremos amizades e boa vontade com as nações do mundo – mas o faremos com o entendimento de que é correto que todas as nações ponham em primeiro lugar seus interesses. Não queremos impor nosso modo de vida a ninguém, mas faze-lo brilhar como um exemplo para todos seguirem.

Reforçaremos velhas alianças e formaremos outras – uniremos o mundo civilizado contra o terrorismo islâmico radical, que erradicaremos da face da Terra.

No fundamento de nossas políticas estará uma total fidelidade aos Estados Unidos da América, e através de nossa lealdade com nosso país, redescobriremos a lealdade entre nós.

Quando vocês abrem seus corações ao patriotismo, não há lugar para preconceitos. Nos diz a Bíblia: “Como é bom e prazeroso quando o povo de Deus vive unido”.

Devemos abrir nossa mente, debater nossas discordâncias honestamente, mas sempre buscar a solidariedade.

Quando a América está unida, a América não para.

Não deve haver medo – estamos protegidos, e sempre estaremos.

Seremos protegidos pelos grandes homens e mulheres de nossas forças armadas e da lei, mais importante, estamos protegidos por Deus.

Finalmente, devemos pensar grande e sonhar maior ainda.

Na América, entendemos que uma nação só está viva enquanto se esforça.

Não mais aceitaremos politicos que só falam e não agem – constantemente se queixando, mas nunca fazendo anda para mudar.

O tempo de discursos vazios acabou. Agora é a hora da ação.

Não deixem ninguém lhes dizer que não pode ser feito. Nenhum desafio pode vencer o coração, a capacidade de luta e o espírito Americanos.

Não falharemos. Nosso país vai ter sucesso e prosperidade novamente.

Estamos no nascer de um novo milênio, prontos para desvendar os mistérios do espaço, de livrar a Terra das misérias das doenças e usar as energias, indústrias e tecnologias do amanhã.

Um novo orgulho nacional animará nossas almas, olharmos mais alto e curar nossas divisões. 

É hora de lembrar a velha sabedoria que nossos soldados nunca esquecerão: sejamos negros, marrons ou brancos, todos sangramos o mesmo sangue vermelho dos patriotas, nos regozijamos com a mesma gloriosa Liberdade e saudamos a mesma Bandeira Americana.

E se uma criança nascer nos subúrbios de Detroit ou nas planícies ventosas do Nebraska, elas olharão para o mesmo céu noturno, encherão seus corações com os mesmos sonhos e receberam o mesmo sopro de vida do mesmo Criador todo-poderoso.

Portanto, para todos os Americanos, em todas as cidades, pequenas ou grandes, de montanha em montanha, e de oceano a oceano, ouçam estas palavras:

Vocês jamais serão novamente ignorados.

Suas vozes, suas esperanças e seus sonhos definirão o destino da América. E sua coragem, bondade e amor nos guiarão pelo caminho.

Juntos faremos a América forte novamente.

A faremos rica novamente.

A faremos orgulhosa novamente.

A faremos segura novamente.

E, sim, juntos faremos a América Great Again!

Obrigado. Deus os abençoe. E Deus abençoe a América.

Tradução: Heitor De Paola

 


 
A ADMINISTRAÇÃO TRUMP E O POLIITICAMENTE CORRETO
ADEUS AO PARADIGMA DO POLITICAMENTE CORRETO                                                Jorge E. M. Geisel 21/01/2017 “A civilização só desperta e avança quando fustigada pela tempestade” Arnold Toynbee (1889-1985),..


PRESÍDIOS BRASIL AFORA
PRESÍDIOS Jacy de Souza Mendonça Promotor de Justiça recém empossado e lotado em pequena Comarca do interior do Estado gaúcho, achava-me imbuído do sagrado desejo de cumprir a rigor todas as minhas atribuições e obrigações. Em um dos primeiros dias, fui visitar a cadeia local na verdade,..


DONALD TRUMP E O NOVO PATRIOTISMO AMERICANO
DONALD TRUMP E O NOVO PATRIOTISMO AMERICANO Matthew Continetti WASHINGTON FREE BEACON 20/01/2017 O discurso inaugural de Donald Trump foi um forte apelo para a unidade nacional e uma declaração de guerra contra o establishment em Washington, D.C. O discurso foi puro Trump: politicamente incorreto,..


TRUMP, VISTO DE ISRAEL
O MUNDO PAROU Israel Winicki POR ISRAEL Algo extraño está ocurriendo en el mundo. Da la impresión que todo está inmóvil, como un cuadro o una fotografía.   Cierto que las masacres en Siria e Irak continúan, pero ya no ocupan tanto las primeras planas de los diarios. El mundo todo está conteniendo el aliento...


TRUMP DIMINUIRÁ O TAMANHO DO GOVERNO
  ADEUS, BUROCRATAS! Sam Rolley PERSONAL LIBERTY 18/01/2017 O presidente eleito Donald Trump parece estar trabalhando para cumprir sua promessa de reduzir o tamanho do governo. O presidente que toma posse dia 20 teria informado aos membros de sua equipe para começar a compilar um plano para reduções significativas nos departamentos todo o governo federal...


A AMÉRICA NUMA ENCRUZILHADA
A AMÉRICA NUMA ENCRUZILHADA PERSONAL LIBERTY 18/01/2017 Make America great again, foi a promessa do presidente eleito Donald Trump e ele vai começar já na sua posse na sexta-feira. Quase 62 milhões de americanos responderam ao chamado de Trump por uma razão fundamental - eles acreditam que o presidente Barack Obama minou os valores americanos tradicionais...


A ALIANÇA ENTRE A CIA DE OBAMA E A MIDIA ESQUERDISTA
COMO A CIA DE OBAMA MANIPULOU A MÍDIA Cliff Kincaid ACCURACY IN MEDIA 19/01/2017   A CIA e seus aliados de mídia jogaram tudo que puderam contra o presidente Donald J. Trump. Preconceitos midiáticos, fontes anônimas e inteligência "lixo" foram exibidas. Mas o relatório da Comunidade de Inteligência de 25 páginas sobre supostas atividades de hackers russos merece consideração especial,..


A PRISÃO DO AGITADOR BOULOS E A REAÇÃO DA ESQUERDA