FFAA DA ALEMANHA: RESQUÍCIOS DA WERMACHT
 

 


Wehrmacht, Steinbach e Forças Armadas

RUSSIA TODAY DEUTSCHLAND

15 de maio de 2017

As averiguações nos quartéis das Forças Armadas da Alemanha estão na fase final e devem terminar nessa terça-feira. A ministra da Defesa Ursula Von der Leyen se posicionou claramente sobre o tema.

“A  Wehrmacht [1] não é uma forma de inspiração para nossas Forças Armadas”, disse a ministra da Defesa da Alemanha, Ursula Von der Leyen. A deputada na Câmara Federal alemã, Érika Steinbach, se mostrou aborrecida e conclamou solidariedade com os integrantes da  Bundeswehr [2].

Está correndo novamente no meio social dos quartéis, o assunto Wehrmacht. O inspetor do Exército, Jörg Vollmer, em consequência do fato, prefere que os soldados procurem saber da história recente, dos últimos 60 anos, período do qual as Forças Armadas existem. Pelo menos, o último soldado da Wehrmacht, já abandonou as Forças Armadas ha alguns anos atrás e também, os nomes dos quartéis que foram nomeados durante a época da Wehrmacht, foram modificados nos últimos anos.

Ao constatar a dimensão do enaltecimento da Wehrmacht nos quartéis alemães, Vollmer disse: “Sempre ocorrerá situações de pessoas que trazem à tona coisas insensatas para dentro dos quartéis, as quais não gostaríamos de ter”.
 

Erika Steinbach [3], ex-integrante do CDU e agora deputada no Parlamento Federal, parece, no entanto irritada com a conceituação dada a todo soldado que enaltece e vislumbra a Wehrmacht. Ela se pronunciou a respeito na semana passada e publicou fotos pessoais de famílias que se mostraram solidárias com a deputada.
 

NOTAS DO TRADUTOR:

[1] Nome dado às Forças Armadas da Alemanha Nazista na época da 2ª Guerra Mundial. Substituiu a antiga denominação imperial Reichswehr .
[2] Nome atual das Forças Armadas da Alemanha.
[3] Deputada conservadora alemã, nascida na Polônia, que possui grandes críticas à política de imigração de Angela  Merkel, o que a levou, dentre outros motivos, a abandonar o partido CDU. É evangélica luterana. É contra o casamento de pessoas do mesmo sexo e o aborto.

Tradução: Márcio Alexandre